Conta publicitária de Alagoas faz licitação de cartas marcadas (Parte 4)

29 05 2009

_

Secretário explica participação da Secom na propaganda oficial

O secretário de Comunicação do Estado, Vilmar Bandeira, esclareceu ontem, que o Portal da Transparência foi criado no sentido de ser um instrumento de interação com a população e ao combate à corrupção. Ele disse que com relação aos investimentos da Secom em publicidade e propaganda, o Portal da Transparência faz comparativos com anos anteriores à administração de Téo Vilela. Por exemplo, em 2005 a verba gasta com publicidade e propaganda foi de R$ 13.651.102,73. Já em 2006 o governo gastou R$ 11.063.359,32. Fazendo este paralelo, já no governo de Teotônio Vilela, os investimentos foram de R$ 7.150.917,20 e até o mês de outubro o gasto foi de R$ 6.190.500,42, portanto bem menos do que se gastou anteriormente.

O secretário explicou também, que apesar do aumento de valor de tabelas referenciais de mídia e de produção, foi diminuído drasticamente o investimento em publicidade e propaganda, “graças a negociações realistas e ao emprego de mídias técnicas para resultados”.

Para Vilmar, “em respeito à verba reduzida, apesar que o número de veículos de comunicação não diminuiu desde 2006. O planejamento de mídia segue critérios técnicos, não assistencialista”. Ele citou como exemplo a TV Pajuçara, que seguramente não é a primeira em faturamento, quando se analisa que outras empresas utilizam mais de um CNPJ em processos na Secom, como a própria TV Gazeta.

Segundo o secretário, esses esclarecimentos são necessários em face das interpretações que ocorreram nos últimos dias e garantiu que a Agência Alagoas vai inserir a partir de agora na sua página principal, além dos investimentos do ano de 2008, também os investimentos de 2007, 2006 e 2005, para que a população que não acessou o Portal da Transparência possa ficar ciente dos gastos em comunicação do governo do Estado.

Com essa decisão, disse Vilmar Bandeira, cuja comunicação sempre defendeu o Portal da Transparência, o projeto reconhece como um importante canal de comunicação com o cidadão, estimulando a fiscalização, as discussões e as sugestões relativas às despesas e aos gastos públicos.

_

Fonte: Jornal Extra

Anexo em .PDF: Jornal Extra

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: