Brinquedos alertam pais sobre obesidade infantil

18 02 2009

_

barbie

 

 

 

 

 

pirates1

 

 

 
superhero1

 

 

 

 

 

 

 

 

A Barbie aparece muito acima do peso, com latas de refrigerante na cama e uma embalagem de comida chinesa numa cadeira ao lado. Os piratas gordinhos comem coxas de galinha enquanto o Superman tem um sorvete de casquinha numa mão e uma embalagem de pizza aos seus pés, no chão. A campanha criada pela agência Latinworks de Austin (EUA) usa o universo infantil para um alerta aos pais. Manter obesidade longe das crianças, diz as peças que começaram a ser veiculadas em janeiro. A iniciativa é da Active Life Movement, uma organização que quer mudar os hábitos dos americanos de consumir comida fast food pela prática de esportes e alimentação saudável.

Comunicação de Interesse público





Língua Estrangeira

18 02 2009

_

Esta é uma campanha criada pela Agência de Seul, Diamond Ogilvy para o Instituto de Línguas Estrangeiras da Universidade da Coréia. Uma escola de idiomas é um item importante hoje em dia e a idéia de ter uma língua – literalmente – para promovê-lo é uma novidade.

institute-of-foreign-languages

A estratégia consiste na possibilidade de arrancar a língua em imagens de pessoas de diferentes nacionalidades. Ao desprender esse elemento, o interessado terá os dados necessários para voltar as aulas em algum idioma.

Fonte: Briefblog (México)





AACD retribui a Ronaldo com anúncio da Fischer

18 02 2009

_  Agradecimento e apelo

 

aacdQuem precisou usar muletas por dois longos períodos de recuperação sabe como se sente um deficiente. Com essa idéia a Fischer América criou anúncio para a AACD em retribuição ao gesto do atleta que pediu ao Corinthians para utilizar a marca da instituição em sua camisa no jogo deste último domingo (15). A peça da Fischer foi veiculada nos jornais esportivos do final de semana com o apelo: “Faça como Ronaldo, ajude a AACD”.  Há 58 anos a instituição oferece tratamento a portadores de deficiência física e depende de doações para realizar sua missão. A criação é de Ronaldo Tavares e Melissa Pottker, com direção criativa de de Flávio Casarotti, Pedro Cappeletti, Rafael Merel e Marcelo Fedrizzi.

 

Fonte: Blog do Adonis





Publicidade: Plágio, Coincidência ou Referência

12 02 2009

_

plagio16

Um assunto polêmico que é alvo de discussão e ainda tem muito pano para as mangas.

– Talvez o maior fantasma de um publicitário seja ver uma criação sua reproduzida por outra agência ou então ser vítima porque não de um insight, como por exemplo, criar algo que já foi feito antes mesmo sem saber.

Esta propaganda com esta aqui.

– Sempre existirão pessoas que conseguirão ter uma mesma percepção, um mesmo feeling sobre um mesmo tema.

Esta propaganda com esta aqui.

– Há também o plágio descarado, mas como saber quando houve cópia de idéia ou não passa de mera coincidência?

Esta propaganda com esta aqui.

– Estaria a publicidade em apuros com o advento de redes de colaboração social, como blogs? Estaria a publicidade sofrendo, de fato, uma crise criativa?

Esta propaganda com esta aqui.

– Por ter a obrigação de ser criativo e de superar a si mesmo que o publicitário tem uma carga de pesquisa alta. O criativo deve ter entre os seus afazeres diários um tempo para ler anuários, ir a exposições de arte, assistir aos filmes que não passam no cinema popular, ouvir aquelas bandas que não tocam no rádio, etc.

Esta propaganda com esta aqui.

– A busca por referências do criativo não mudou. Ele ainda corre atrás de arte, moda, tendência, cultura e outras manifestações.

Esta propaganda com esta aqui.

– O que é possível ver em dias atuais é o aumento do acesso às informações que antes só circulavam dentro das agências. Que tal pegar aquela idéia boa criada numa agência em Dubai e adaptá-la? Nos anos 80 poderia funcionar. Hoje é um tiro no pé, já que algum blogueiro levantaria em alguns minutos a comparação.

Esta propaganda com esta e com esta aqui também

– Hoje, qualquer um faz um vídeo que pode destruir uma marca ou escrever um texto que contesta todo o discurso de determinada campanha e as pessoas irão ler. A informação está a um click no Google.

– Peças mal formuladas e referências perdidas sempre existiram no mundo da publicidade, em quantidades maiores do que os bons exemplos. É necessário que os profissionais das agências entendam que antigamente, quando alguém flagrava algo assim, nada acontecia. Hoje, a pessoa não só escancara o problema detectado como também incentiva os outros a opinarem e espalharem a descoberta do “furto” criativo.

– O que é referência, o que é cópia, e o que é pegar uma idéia de um consumidor e assinar com a marca? É feio? É bonito? Vale?

Viram as comparações ?





Habib’s propõe “revolução” em nova campanha

4 02 2009

_

habibsNão é promoção, é uma revolução.” Essa e a nova campanha de Habib’s criada pela Giovanni Draftfcb para anunciar a redução no preço da esfiha e que terá 3 filmes a partir desta quinta-feira, além de material de ponto-de-venda.

Numa alusão bem humorada a políticos que revolucionaram a história, os  personagens dos comerciais discursam em “portunhol” para a população: “A revolução é uma realidade. Agora, a minha, a sua, a nossa Bib’sfiha  custa R$0,49. Viva a revolução!”.

Os comerciais foram filmados com câmeras “Bolex” antigas, para se obter efeito de envelhecimento. Já o áudio, feito pela Hilton Raw, também foi “envelhecido”. As imagens do povo interagindo com os líderes foram extraídas de arquivos históricos originais. O terceiro filme da ação traz os líderes cantando uma marchinha da revolução no palanque.

A nova campanha começa a ser veiculada nacionalmente a partir desta quinta-feira, dia 5. Paralelamente, acontece a ação de cota de participação no futebol 2009 da Globo em São Paulo – Capital.

Os filmes foram cridos por Ricardo John e o material impresso por Claudio Eiji, Darcio Estaliano, David Romanetto, Ricardo John e Tiago Pinho, com direção de criação de Adilson Xavier, Ricardo John e Sidney Araujo. RTVC de Victor Alloza e Vivi Guedes.

Direção de Paulo Diehl, da Conspiração Filmes e som da Hilton Raw. Atendimento de Mauro Silveira e Larissa Zucatelli e aprovação de Alberto Saraiva e Luiz Trielli.

Fonte: Adnews