Mídia suga exaustivamente o Caso Eloá

23 10 2008

_ Como já havia frizado anteriormente, desfoquei um pouco do tema do blog no dia de ontem para fazer um teste e me surpreendi com o resultado.

.

Leia e Reflita!

Não é novidade pra ninguém que a mídia é detentora de enorme poder de influência e argumentação da sociedade como um todo. Durante duas semanas o circo foi armado em Santo André-SP, em torno de um sequestro que, com cobertura Internacional por meio diversas emissoras, foi e continua sendo explorado e sugado exaustivamente durante toda a programação diária.

Primeiros dias

Durante os primeiros dias de sequestro, a mídia nos informou que o Jovem rapaz de 22 anos era de boa índole, um trabalhador que nunca fez mal a ninguém e estava ali sem ter próposito algum, ou seja, era apenas uma inocente vítima de um sentimento que é comum a todos os seres, o ciúme. A população nesse momento, se fragiliza com a situação de um cidadão que foi tomado por uma ação impensada, o rapaz ama a garota e não quer fazer nenhum mal a ela, mas também tem medo de ser morto pela “maldosa” polícia que está fazendo apenas o seu trabalho. A Polícia, pressionada pelos holofotes e câmeras mirados em sua cara, promete que nada acontecerá com o rapaz, que ele tem garantia de vida e perde sua força no caso. Ninguém sabe o que acontece, nem lá dentroda casa, nem nos bastidores da casa, o caso se transforma numa espécia de Big Brother Brasil e todos são impugnados a ficar com pena do rapaz e se imaginando na mesma situação, entre a cruz e a espada.

Meio da semana

Em uma segunda situação, Nayara entra na casa, o rapaz se entregaria a qualquer momento, todos ficam apreensivos com o desfecho do caso e… ele não se entrega. A mídia nos passa agora que o rapaz não é tão bom assim, apresenta distúrbios e sinais de agressividade, já atirou várias vezes, podemos ter um final trágico com a morte das duas e o suicídio de Lindemberg. A culpa é toda jogada na polícia, que por não ter agido ativamente, fazendo uso de seus atiradores de elite ou planejado uma invasão estratégica do local, perdeu a oportunidade de acabar com o caso e salvar as garotas.

O desfecho

A polícia, depois de uma semana de plantão, cansada de tanto lenga-lenga e de tanto passar a mão na cabeça de um cara que agora é taxado como um doente descontrolado e possessivo, não vê a hora de acabar logo com o caso e invade a casa numa ação desastrada e talvez, não planejada por completo. A duas garotas são atingidas e o outro, imobilizado. O caso tem um fim: um preso e as duas alvejadas.

O circo agora continua em busca de um culpado, já que Lindemberg é levemente “inocentado” na mídia (de novo) por suas ações que matou Eloá e quase mata Nayara. A polícia é novamente culpada por ter arrombado a porta e entrado sem ninguém atirar. Peraí, era preciso um tiro e que alguém morresse lá dentro pra eles invadirem? É isso que estão dizendo? É exatamente isso! Nayara agora disse que eles realmente invadiram sem que Lindemberg atirasse. E agora o que acontece? Simplesmente… Nada!

O caso já teve um desfecho no último dia de sequestro, mas como a população quer saber: o que houve, quem morreu, quantos litros de sangue foram derramados, quem são as pessoas que foram beneficiadas pelos órgãos de Eloá, quem é a família dela, o pai, a mãe, irmão, amigos, onde ela nasceu, o que aconteceu antes do crime, como ela vivia, onde estudava, quais seus hábitos, o que aconteceu dentro da casa, ela era virgem? Meu Deus, que vontade perversa essa do ser humano, que mania de gostar de ver e acompanhar desgraça.

Claro, não somos bonecos, nem bobos estúpidos a engolir tudo o que a mídia nos empurra de goela abaixo, mas a grande maioria da população do Brasil, os não-letrados e/ou de pouca leitura que fazem parte da massa, entendem e absorvem o que é passado na Tv, o que é mostrado como verdade absoluta e tomam partido daquela situação, defendem essa “sua” opinião com unhas e dentes, muitas vezes, inocentemente.

A Rede Record e Record News, RedeTv, Band, Rede Globo e outras inúmeras emissoras fizeram uma mega-operação para cobrir todo o caso e não deixar passar nada, vale botar bandido no ar, conversar com bandido, interferir na negociação, apontar os erros, contratar gente pra questionar os procedimentos policiais e inventar qualquer coisa que dê audiência ou seja notícia quente.

O Resultado

Depois do sequestro, a mídia cobriu: a Jovem Nayara no Hospital, quando a mesma, sem graça e assustada, só olhava e acenava, por conta da insistência dos jornalistas no local; o enterro e a comoção dos amigos da vítima e de todo Brasil; o pai da jovem, que fora identificado pela polícia alagoana, quando passava mal, por ser fugitivo de um caso em 1991, onde teria sido membro da gangue fardada; a mãe da jovem disse que perdoaria Lindemberg; descobrem que Eloá nasceu em Maceió-AL e foi pra SP com 2 anos de idade, mídia vai atrás da família saber algo (nada); os órgãos de Eloá devem beneficiar 5 pessoas; advogado da jovem Nayara quer 2 milhões de indenização; A mídia saturou e expremeu tudo do caso insistentemente. A briga de audiência fez com que o caso virasse circo no Brasil e no mundo. A ação pôs a polícia em cheque, eles erraram? agiram passivamente ou corretamente? Até onde vai isso tudo? Mistério!

Aqui no blog, tenho a média de 30 acessos/diários. Ontem, desfoquei o tema principal do blog que é Marketing e Publicidade para fazer esse teste e ver até onde o povo gosta de ver miséria, até quanto o nome Eloá vende. Mas, pensando bem, não desfoquei. Isso não deixa de ser Publicidade, de ser Marketing, de ser Mídia e de entender o que o povo gosta. Ê Brasil!

O resultado, depois de exatamente 24 horas do post: 496 visitas.

_

Alexandre Fernandes
https://ciclopublicidade.wordpress.com

Anúncios

Ações

Informação

10 responses

23 10 2008
leylanne

É isso aí, o povo gosta do sensacionalismo que a imprensa faz sobre determinados casos. E a polícia pagou uma SWAT, devido a pressão de todos, eu ainda acho que se a imprensa não tivesse se envolvido, a menina teria sido libertada e o cara estaria preso. E sobre seu teste eu sabia que o resultado seria assustador, mas não me surpreende, é a massa burra do nosso tão amado BRASIL :*

24 10 2008
Mateus

é tão nojento ver como esse caso foi e está sendo usado pela mídia e o quanto as pessoas se utilizam disso pra sobreviver, respirando essas misérias diárias, é uma lástima.

29 10 2008
nanda

Até você mesmo admira tanta miséria!! Deu todos os passos do caso, com seus mínimos detalhes, diga-se de passagem!!!!
Tenho uma ligeira sensação de que você não está livre de críticas também!
Com tudo isso, será que o mundo mudaria de alguma forma??? Se você tiver a fórmula de acabar com a miséria, o midiatismo barato, desgraças e afins, me dê a fórmula por gentileza!!!

29 10 2008
Alexandre Fernandes

Detalhes sobre todo o caso são arrancados de qualquer site, basta procurar. Eu soube formar e informar a minha opinião aos leitores do blog e criticar o canibalismo da mídia, da maneira que me foi conveniente. Com relação a tal “fórmula”, basta que as emissoras notem o desinteresse pela situação em exposição no momento e busquem coisas melhores, com conteúdo. Mas será que serei inocente a ponto de achar que isso acabaria com o sensacionalismo? O povo brasileiro e a cultura brasileira é adepta à baixaria, confusões, acidentes, casos banais, mulheres nuas, quem morreu, quem se separou, o povo quer ver o que faz parte do seu mundo, o que lhe diverte e lhe convêm. Notícias frias e chatas não vendem. Notícias chocantes e inusitadas vendem, é a lógica do mercado. Se não houver notícia, as emissoras inventarão, vão reprisar ou criar qualquer coisa. Cada um sabe o que é construtivo e adequado para si. A ética da mídia é que deve ser questionada, da minha eu cuido.

30 10 2008
nanda

Oi. Só coloquei este meu comentário como uma forma de você refletir sobre tudo isto. Não se consuma por isto. Sou estudante de comunicação, e debatemos em sala de aula quase todos os dias sobre a exploração da mídia em cima de casos tão chocantes!!!! Infelizmente é o que é vendável!!! Como você mesmo disse acima: O POVO GOSTA DISTO! A verdade é esta. A cultura brasileira, infelizmente, AMA a desgraça alheia. Tenho certeza de que só se é explorado tanta desgraça porque dá IBOPE. Se for para o povão escolher entre assistir a um jornal, para saber um pouco mais sobre a economia do país, sobre as riquezas, cultura etc e assistir aos “programinhas baratos” que existem por aí – com certeza escolherão os tais “programinhas”. Povo de cultura muito, muito pobre. É uma pena!!! Esses dias em um seminário em sala de aula, meu professor nos perguntou:
– Vocês acham que se eu der ingressos de presente para as pessoas na rua de uma apresentação de uma ópera ou de um show da Carla Perez(nem sei se é assim que escreve o nome desta “cantora”, evangélica, atriz, modelo, sei lá). Todos sabem a resposta não é mesmo????? O povão atribui a estes ditos “artistas” um monte de qualidades que eu não sei de onde vem!!!! LAMENTÁVEL!!!!
Culpa dos governantes que também gostam de “financiar”a miséria, afinal se a miséria um dia acabar, o que eles poderiam prometer mais???
Vamos tentar fazer nossa parte! NÃO SE CONSUMA!! Infelizmente, esta é a realidade de nosso povo brasileiro!!!
Um abraço!!

13 12 2008
nayara

Olha pra falar a verdade, eu acho que a Nayara é uma pessoa super legal, não que ela seja má, mas ela é uma pessoa interesseira, que quer aproveitar desse desfecho pra ganhar fama.
Ela sabia que poderia levar um tiro, mas arriscou sua vida sabendo “ah, se ocorrer tudo bem, e eu conseguir salvar a eloá, eu vou ser uma heroina e vou ficar famosa”, com certeza ela pensou isso né gente ?!
E ela quis ter fama com isso, ela chamou ate um jogador de futebol para visita-la no hospital, isso é pedido q se faça? araaaa….
HAHAHA, o mais engraçado da historia, é q quando nayara recebe alta do hospital, ela sai com um bichinho de pelucia, e se vcs verem no video, a sombrancelha dela tá que nem uma taturana, e ela tá bem feia ! tadinha estragou o sorriso lindo q ela tinha..
Sinceramente, eu ñ sei pq a midia fez tudo isso pela nayara, levou ela pra rede globo e ela conheceu tudo la, conheceu famosos, etc..
Porque não fizeram o mesmo com ANA CAROLINA DE OLIVEIRA, do caso isabela nardoni ? ela sofreu bem mais q naayara, pois ela era a mãe da vitima..
Olhaa.. esse Brasil tá mesmo acabado ! TOLEEEERANCIA 0 ‘
Bom, mas eu nao quero q me interpretem mal, pois estou inteiramente comovida com o caso.
Só quero q a justiça seja feita, e o lindemberg pague pelo que fez.
familia de eloa : sigam em frente, permaneçam com cabeça erguida.
familia de naay: ensinem a essa menina com um coração lindo, mais bem espertinha por sinal que não vale só a fama e a beleza, o conteudo é o principal,.
beijinhos carinhosos.
by: naaay

5 01 2009
Os posts mais vistos « C i c l o

[…] – Mídia suga exaustivamente o Caso Eloá 565 […]

5 01 2009
Estatísticas do blog « C i c l o

[…] – Mídia suga exaustivamente o Caso Eloá 565 […]

24 03 2010
dalila

oi para todos desejo muita sorte para familia da eloá de pois do que aconteceu,um grande beijo para familia e um especial para nayara quando quiser retornar o recado a disposição bjssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss de dalila

6 05 2010
landararock@hotmail.com

Eu concordo em parte com a sua posição, não existe “massa”. Se você estudou comunicação, deveria saber disso. Eloá fazia parte de uma nova concepção de família e esse foi o resultado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: